sexta-feira, 1 de maio de 2009

São Nuno de Santa Maria

***+++++++++***
*
A notícia esperada surgiu a 21 de Fevereiro de 2009, quando Bento XVI anunciou a canonização do «Condestabre». Um caminho longo – cerca de 578 anos - que culminou, a 26 deste mês, com a inscrição de Nuno Álvares Pereira no álbum dos santos. O Papa Bento XVI canonizou, no passado dia 26 de Abril, D. Nuno Alvares Pereira. O homem do estado que soube colocar os superiores interesses da nação acima das suas conveniencias, pretensões ou carreira.
Num tempo em que o Reino de Portugal vivia uma grave crise nacional, D. Nuno optou por, de forma corajosa, ser parte da solução e, numa entrega sem limites, enfrentou com esperança os grandes desafios sociais e políticos desta Nação, enaltecendo-se ainda o total despojamento dos avultados bens que possuía e a radicalidade na sua entrega a Cristo. Não se quiz valer dos seus títulos de nobreza, do prestigio ou da riqueza, para viver num clima de luxos e grandezas, mas antes se decidiu por servir preferencialmente os mais pobres e necessitados do seu tempo.
O Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português, especialmente a Fraternidade de Nuno Álvares, não podia nem queria faltar a esta cerimónia, pelo que se deslocou à Praça de S. Pedro, no Vaticano, onde se juntou à restante representação Nacional, formando assim um enorme contigente de Escuteiros peregrinos de todo o território português, que procuraram não passar despercebidos no meio dos milhares de fieis ali presentes, d
ando mais cor e alegria àquela Praça .
Durante a estadia, tiveram ainda oportunidade os Escuteiros de participar numa oração na Basílica de S. Paulo fora de muros, após o que visitaram o centro histórico de Roma e o Vaticano, participando depois na Vigília de Oração realizada na Igreja de Santo António dos Portugueses, a que presidiu o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. José da Cruz Policarpo.
Este foi um momento assaz importante, para a Igreja Católica Portuguesa e para o Movimento Escutista Católico Português, que vêem chegar aos altares, agora canonizado, o "Santo Condestável" que também é o Santo Patrono do Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português.
São Nuno de Santa Maria é o oitavo santo do catolicismo português. Às virtudes da sua vida, assumidas segundo a experiência católica de olhar os outros e as coisas, acrescenta-se o facto do seu percurso biográfico estar intimamente relacionado com a História de Portugal, a sua independência e a consolidação da nacionalidade.