quarta-feira, 29 de agosto de 2007

A PROMESSA e a LEI DO ESCUTA


- Quando do Acampamento do Centenário, em Idanha-a-Nova, foi pedido que todos os Escutas e Escoteiros se unisse em espírito e renovassem a sua Promessa.
- Impressionou vêr "velhos lobos", que tinham feito a Promessa há mais de 50 anos, fazerem a Saudação e, com a voz embargada pela emoção do momento, pronunciarem a fórmula que os havia tornado membros de pleno direito desta enorme Família que são os Escuteiros.
PROMETO

pela minha honra e com a graça de Deus,
fazer todo o possível por:

Cumprir os meus deveres para com Deus,
a Igreja e a Pátria;

Auxiliar o meu semelhante em todas as
circunstâncias;

Obedecer à Lei do Escuta!"
- Não se duvide de que a Promessa é algo marcante na vida de cada um de nós, que ao longo dos anos tenta orientar a sua vida pela trilogia dos Princípios, da Lei e da Promessa Quando declinamos os Princípios, a pedido do Chefe, no momento mais solene da vida de um Escuteiro, o sentimento que aflora o nosso coração é o medo de não estar à altura para cumprir uns Princípios e uma Lei que apenas têm similitude nos 10 Mandamentos da Lei de Deus, a mais pequena e mais exigente Lei dada ao Homem! São 10 Mandamentos, tal como no Escutismo:
LEI DO ESCUTA-
dddddddddddddddddddddddddddddd
------------- 1º. - A honra do Escuta inspira confiança;------------------- -----------
-------- 2º. - O Escuta é leal; ------------------------------------
--- - 3º. - O Escuta é útil e pratica diáriamente uma-Boa Acção; -
- 4º. - O Escuta é amigo de todos e irmão de todos os outros Escutas
--------------- - 5º. - O Escuta é delicado e respeitador;
-------------- 6º. - O Escuta protege as plantas e os animais;------
----------- 7º. - O Escuta é obediente;---------------------------------------------
-------- 8ºcu. - O Esta tem sempre boa disposição de espírito;
----- 9º. - O Escuta é sóbrio, económico e respeitadordo bem alheio;--
-10º. - O Escuta é puro nos pensamentos, nas palavras e nas acções--
- O Fundador, logo a abrir o "Scouting for Boys", na Palestra de Bivaque nº. 1, começa por nos dizer: - "Creio bem que não há rapaz que não queira servir a sua Pátria de uma forma ou de outra. Tem um meio fácil de o conseguir: é fazer-se Escuteiro!".
- E para ser Escuteiro, pode-se afirmar em consciência plena, nada mais é necessário que OBEDECER À LEI DO ESCUTA E CUMPRIR A PROMESSA! A isto se juntam os Princípios... mas falaremos deles noutra "Palestra", a fazer mais adiante. Boa Caça!

PRINCÍPIO DE PISTA

Comemoram-se 100 anos sobre o 1º. acampamento Escutista, que Lord Baden Powell of Gilwell, Fundador e 1º. Chefe Mundial do Escutismo, levou a efeito na pequena na Ilha de Brownsea, em Inglaterra. Certamente ninguém irá ficar indiferente a esta efeméride. E porque também dediquei parte importante da minha vida seguindo o "caminho a seguir" que BP "me traçou", como "início de pista" no decorrer do ano de 1949, julgo ter chegado a hora de seguir uma nova pista que a informática me faculta, com a publicação de algumas das minhas "memórias" Escutistas, de acontecimentos de muitos anos cumprindo aquilo a que me havia comprometido no dia da minha Promessa:
"... cumprir os meus deveres para com Deus, a Igreja e a Pátria, auxiliar o meu semelhante em todas as circunstâncias e obedecer à Lei do Escuta!".
Quando, em meados do mês de Junho de 1907, Baden Powell escreveu cartas aos seus camaradas do Exército e às suas esposas, que tinham rapazes com idades entre os 11 e os 12 anos de idade, que estudavam na Charterhouse, Harrows, Eton e outras escolas privadas da zona, BP dizia-lhes:
" Proponho-me realizar um acampamento com 18 rapazes seleccionados para aprender a fazer exploração durante uma semana, durante as férias de Agosto. O sítio eleito para esta realização foi a Ilha de Brownsea, em Poole... Se me deseja enviar o seu filho para o dito acampamento aceitando estas condições, por favor fáça-o saber e eu lhe enviarei detalhes sobre os transportes, etc.".
Escuso de dizer que as cartas do famoso Tenente General Robert Stephenson Smyth Baden-Powell foram aceites com verdadeiro entusiasmo. Quem não queria passar uma semana com o "Herói de Mafeking"? Este foi o nome porque passou a ser conhecido B.P. quando defendeu a fortaleza do mesmo nome, durante a guerra contra os Boers, no final do Século XIX. Tanto assim que o número inicial de 18 rapazes foi ultrapassado. O próprio Baden-Powell teve a ideia de convidar seu sobrinho, de 9 anos, órfão, como seu "ajudante de campo" e convenceu o seu antigo companheiro de armas Kenneth Mac Laren para que o assistisse em Brownsea.
No dia 17 de Junho de 1907, BP envia novas cartas com convites à Bournemouth Boys Brigade para eleger seis dos seus membros à Boys Brigad para eleger três dos seus rapazes para o acompanharem na sua aventura. Estes rapazes eram filhos de grangeiros e de trabalhadores rurais, gente humilde do povo.
Na tarde de 31 de Julho de 1907, todos os participantes do que seria o primeiro acampamento escutista se reuniram na Ilha de Brownsea, onde Baden-Powell, nesse e sete dias seguintes, trabalhou com os rapazes, pondo à prova o seu "Boy Scouts Scheme" No dia 09 de Agosto os rapazes regressaram a suas casas e BP estava satisfeito com a experiência. Este foi um êxito não só para os rapazes de Brownsea, como para milhões de jovens que, desde 1907, vêm seguindo esta "Pista do Fundador"!